sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Faca Na Caveira (ou não?!)

Bom dia, patota!
Antes de qualquer coisa, meu último post foi deprimente, eu sei, mas acontece. Esse mundo pode parecer uma bosta às vezes, mas a vida é boa e a gente nem sabe.
Bem, eu tinha prometido uma enquete e há tempos não posto uma para vocês. Portanto decidi que iria postar hoje. Eu pensei primeiro, conversando com a Atriz Pornô, no sexo. A batalha dos sexos é uma disputa antiga e poderia ser interessante. Mas, por fim, decidi que devo continuar minha luta. Já disse uma vez que nosso lado dessa luta não tem homens suficientes para nós nos darmos ao luxo de 'tirarmos férias'. Por isso, voltemos à política. A ideia que trago para vocês é bem diferente das outras enquetes e até do meu post sobre o Tropa de Elite 2. Apesar de ter me baseado no filme para construir essa ideia.
Qualquer um que me conheça sabe que eu era um pobre garoto pobre (ha), inocente (ha). Realmente, eu costumava seguir a teoria de não-violência do Gandhi, preferia até apanhar do que bater em qualquer um. Mas hoje em dia estou pensando diferente. Acontece que eu cheguei a uma conclusão de que há gente demais no mundo. Sério, muita gente. Só que isso até tudo bem. É a tendência da população aumentar. É natural nós sentirmos necessidade de reproduzirmos. o verdadeiro problema é que a massa, a maior parte da população, é burra pra caralho. Vai dizer que você, que estudou há não muito tempo ou ainda estuda em escola pública não se sentia até puto, de vez em quando, com vontade de se matar, de tão ridículo e patético que o povo é. Acontece que ladrão bom É, sim, ladrão morto! E não só ladrão, traficante, assassino... É claro que sim. Direitos Humanos minha rola. Quando você for gente, talvez você mereça direitos. O único direito que você tem é o de morrer. É o velho dilema de matar para comer. Porque não adianta você levar tudo ao pé da letra e matar todo mundo que rouba. Afinal, o cara pode ser um puta dum ninguém. Alguém completamente sem dinheiro, devendo.
Não que essa pessoa seja santa. Não que roubar seja legal só porque você é pobre. Mas seria Robin Hood merecedor da cadeira elétrica?! Dexter, do seriado, mata assassinos. Quem o levaria à forca?! Isso não faz dele certo. Mas quem pode dizer que ele está errado?!
O problema, parceiro, é que não basta dar dinheiro pro BOPE matar todos os traficantes e assassinos do Complexo do Alemão. Afinal, é lei do mercado que, se tem procura, tem produto. Quem pode culpar, também, aquele maconheiro filho da puta que vende a erva, pra conseguir ter dinheiro pra comprar pão, sem também culpar aquele outro maconheiro filho da puta que compra a porra toda?! Sim, eu falo dos burguesinhos desgraçados tanto quanto dos pobres estúpidos. Essas pessoas tem uma coisa em comum: IGNORÂNCIA. Além de serem todas filhos das putas. Então qual seria o problema de matá-los, todos?! O mundo está lotado, mesmo, esse país também. Assim, aniquilamos (não totalmente, mas em grande parte) com vários problemas de uma vez: lá se vai o tráfico, o roubo, a falta de cultura, a ignorância, a dificuldade da educação, a superpopulação (como dito em A Canção Do Senhor Da Guerra)...
E eu ainda vou mais longe: por que não matar os corruptos?! Não apenas os corruptos, mas eles são um bom exemplo. Matemos os traficantes, aqueles que alimentam o tráfico e aqueles que alimentam os que alimentam o tráfico, como exemplo. Qual exatamente seria o problema?! Eu reafirmo meu argumento sobre os Direitos Humanos: eles não são humanos. Nenhum deles. Essa massa facilmente influenciável.
Assim, sobrava aquelas pessoas inteligentes e que não fazem as coisas só porque todo mundo faz. Isso seria um mundo legal, neah?!

Beijos e abraços,
Henrique Dottoly,
Corram pelados
õ/

P.S.: Sintam-se à vontade para me mandarem ideias, críticas e/ou sugestões para novas enquetes no meu e-mail.

P.S.2: Meu e-mail é henriquedottoly@bol.com.br #fikdik ;D

P.S.3: A pergunta é o título do post, mas só vai entender quem ler o post.

4 comentários:

Monica (: disse...

Matar todo mundo é a solução então? UAHSUAHSAUSH'

Igor Henrique disse...

realmente cara a educaçao é foda no país(eu sou um grande exemplo disso... \o/).
Se a tendencia é aumentar a populaçao o natural é de se aumentar a quantidades de burros(\o/)no páís.
mas cara....axu que matar essas pessoas seria uma boa idéia sua ,mas tambem mataria muitos inocentes entende?
e infelismente tem muita gente boa andando perto dessa realidade.Mas é uma boa sugestão.

saudades.....

Teteu Potter disse...

Tipo,tem muita gente que merece morrer mesmo,principalmente aqueles assassinos,já que se eles tiraram a vida de alguém,nada melhor do que lhes dar o mesmo certo ? Mas aí vc para e pensa:Porra,será que esses caras não vão se arrepender ? E se eles se arrependerem,será que que eles ainda não podem ser a salvação da humanidade ? É por isso que eu não concordo com a pena de morte ! Aliás,tem uma frase muito foda do Tolkien que ilustra claramente o que eu quero dizer:
Muitos que vivem merecem a morte. E alguns que morrem merecem viver. Você pode dar-lhes a vida? "Então não seja tão ávido para julgar e condenar alguém à morte. Pois mesmo os muito sábios não conseguem ver os dois lados."
Adels

Anônimo disse...

Galera, que horas são?

Postar um comentário