sexta-feira, 30 de março de 2012

O Mito - Carlos Drummond de Andrade

Bom dia, patota!
Eu venho postar pra vocês, hoje, algo que me senti na obrigação de postar. É um poema do Carlos Drummond de Andrade. Cara, é... É foda. A professora analisou-o quarta e até agora eu estou chocado. A poesia de Drummond é forte, pesada, e esse poema, então...
Só que o poema é grandinho. É composto por 45 quadras e um dístico (isso tem a ver com o tema, a estrutura, caaaaaaaaara!), então é meio grande kkkk' Mas recomendo que todos leiam! O nome do poema é O Mito. Vale a pena. Leiam e falem comigo, se vocês quiserem entender o que significa... Mas, cara... kkkk' Não tem como explicar a grandiosidade disso.

Bem, é isso, espero que gostem.

Beijos e abraços,
Corram pelados,
Henrique Dottoly
õ/

P.S.: Meu e-mail é henriquedottoly@bol.com.br , mas comentem aqui mesmo, eu leio, juro =D

P.S.2: Caaaaaaaaaaaaaaaaaara xD

P.S.3: Literatura é foda

8 comentários:

Professor disse...

Sempre coloque bons textos

Anônimo disse...

Tu consegue me passar a tua análise do poema? Gostaria de comparar com a que farei, para um trabalho do meu curso de letras. Me chamo Guilherme, e aguardo retorno!

Henrique Dottoly disse...

Então, Guilherme, eu não tenho a análise digital, mas a gente pode conversar a respeito, quem sabe ajuda =]

Michely disse...

Gostaria de ler uma análise desse poema.

marize disse...

olá.. gostaria de saber da analise do poema...
podemos conversar? meu email é marizeschons426@gmail.com ... seria possivel?

Mariane Moreira de Oliveira disse...

oi oi kk gostaria de entender o poema rs
podemos conversar? meu e-mail é marianemoliveira_@hotmail.com

Anônimo disse...

Olá Henrique.
Sou obcecado pelo Drummond e sua obra e fiquei obcecado também pela análise que tua professora fez, mesmo sem saber do que se trata.
rsrsrsrsrsrs
Ouvi o poema hoje, narrado por ele mesmo, e uma parte em especial me chamou atenção:

"Fulana é tão dinâmica
Tem um motor na barriga.
Suas unhas são elétricas,
Seus beijos refrigerados"

Antes de fazer qualquer colocação à respeito, gostaria de saber um pouco mais sobre o que sua professora disse...
Conte-me mais...
kkkkkk

Meu nome é Felipe e aguardo um retorno seu por aqui mesmo, se possível.
Ou então lhe passo meu e-mail pra que possamos debater melhor.

Desde já, agradeço.

maihara gabrielli Santos disse...

Você nunca mais é o mesmo depois que tem a análise desse poema '-'

Postar um comentário